Louca sua miga

15 de mar de 2017

Porque eu preciso de você na minha vida

Imagem: Tumblr

Escrito por Maya Quaresma
14 - Dez - 2015 às 15:37h*

Eu era aquela pessoa meio individualista. Talvez seja o mal de toda filha única. Egoísta. Não sabia dividir nada, quanto mais uma vida. Não sabia repartir. Não sabia sequer como completar. Andava por aí me achando totalmente inteira. Quando na verdade eu era apenas cacos colados. 

Você me fez ver tudo por um ângulo diferente. Quem diria que eu, que não conseguia se apaixonar por ninguém. Que virava a boca e o nariz para cada garoto que queria alguma coisa desde a formação do mundo. Desde sempre fui conhecida pela "menina que só escolhe e escolhe e não fica com ninguém". Era a "metida da sala A, que só quer saber de estudar". O caras sempre fugiram de mim porque sabiam que comigo não levariam nada. E nunca foram capazes de levar mesmo. Talvez o que faltava fosse um punhado de confiança. Ou um punhado de determinação. Ou simplesmente alguém que me amasse. Que me amasse verdadeiramente como hoje eu sei que só você me ama. Porque quando a gente ama, a gente investe. E não desiste. E caramba, como sou eternamente feliz por você não ter desistido de mim nem por um segundo. Obrigada por me ensinar a amar. Por me ensinar a somar. Por me ensinar a completar. Por me ensinar a transbordar. A transbordar você em mim e eu em você. 

Te agradeço por ter cruzado a minha vida e nunca ter soltado da minha mão desde a nossa primeira troca de olhar. Você era tudo o que eu andava precisando e nem ao menos me dava conta, tamanha era a minha cegueira do mundo. Cegueira da minha triste realidade que eu custava a enxergar. Você me abriu os olhos e hoje eu sou feliz. Porque quando eu passei a ver, a primeira coisa que vislumbrei foi o teu olhar. Tão puro e tão genuíno que foi impossível não se apaixonar. 

Senti uma sensação antes nunca imaginada. Um certo formigamento bem aqui dentro do meu peito. Pensei que fosse algo perigoso. Algo que me levasse à morte. Incurável. E ela é realmente incurável, e que bom. Porque se houvesse cura para o amor eu seria a primeira a nunca tomar. Me deixe sofrer aqui, doutor. Eu não me importo com a dor. Porque se for para sofrer, eu quero sofrer por ele. Te amo tanto a ponto de doer cada pedacinho de mim. Saber que um dia eu posso te perder é a sensação mais insuportável que possa existir. Mas prefiro sentir isso do que não sentir nada. Prefiro sentir isso e saber que estou viva e respiro, do que não sentir nada e apenas ser uma andarilha desse mundo como eu era antes de te conhecer. 

Não. Não vou voltar a trás. Nem por um bilhão de doláres, e olha que a cotação está bem alta. Nem por ouro e rubis. Nem por todas as coleções da MAC e Urban Decay. Não. Jamais. Seria loucura não te querer perto de mim. Ou seria loucura te querer? Eu não sei. Só sei que preciso de você na minha vida. Hoje, amanhã, e depois. Te quero para todos os meus dias até o fim dele. E se eu pudesse escolher uma única coisa, assim como a primeira imagem que tive quando passei a enxergar foi o teu olhar, que teu sorriso seja a última imagem quando um dia, com tua mão entrelaçada a minha, eu possa ver ao parar de respirar.


*Postado originalmente no antigo blog, Sob a Luz da Lua. Porque recordar faz bem!


LEIA MAIS

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016