Louca sua miga

5 de set de 2016

Cinema: Nerve - Minhas impressões


Oieeeeeee genteeeeee. Tudo bom?!!!!! Ontem fui ao cinema assistir o filme NERVE. Vocês já ouviram falar dele? Se ainda não, para aí o que você está fazendo e cola aqui pra ver o trailer. Assistiu? Se ainda não, VAI LOGO MEU FILHO. Pronto... foi? Ótimo. E agora? MUITO LOUCO né não? Pois foi assim que eu fiquei quando vi esse trailer. Vasculhei igual retardada as sessões que tinham no cinema mais perto aqui de casa pra não perder nenhum dia sem assistir essa preciosidade. Surrealmente enlouquecedor.

Fui com uma expectativa além do normal. O que não é lá muito bom, afinal, grandes expectativas, frustrações maiores. Mas ok, tem Emma Roberts, por acaso você já assistiu algum filme com a Emma que seja ruim? Pois é, nem eu. Então ok. Chamei meu melhor amigo e fomos avaliar.

Já vidrei os olhos na tela logo nos primeiros segundos. Não dá tempo de piscar, tô te dizendo. Então, se você tá pensando em chamar o boy-crush-futuromozão-recémnamorado, esquece, porque você não vai conseguir tirar os olhos da tela. Piscou, perdeu. Cada detalhe é crucial. Adrenalina do início ao fim. Sim, me empolguei demais!!!!!

A história se passe em 2020. ALô altas tecnologias do futuro, nem gosto. A trama se centra em uma menina chamada Vee, de Vênus. Nome engraçado. Piadinha no filme. Mas confesso que adorei o apelido. Ela é uma menina que talvez pode se parecer comigo, ou com você. Não gosta dos holofotes, apesar de ter carisma pra estar a frente. Não gosta de ser vista, prefere ficar por trás. No seu mundinho. Não se arrisca. Uma vida normal é uma vida confortável, e assim ela vive. Até que é desafiada pela melhor amiga a falar com o carinha que ela gosta. Momento tenso. Quem nunca? Claro que ela não foi. Mas a amiga foi, e EM NOME DA VEE. Cara, o cara deu o fora nela na frente de todo mundo. Calma, #somostodasVee. Ela fula da vida com a amiga, com o crush, com tudo, resolve entrar nesse tal jogo chamado NERVE. Mas pera, Maya, que diabos é NERVE?

NERVE é um jogo online em que você tem duas opções, entrar como OBSERVADOR ou como JOGADOR. Se você entrar como Jogador estará disposto a fazer tudo, eu disse tudo, o que o jogo mandar. Ele comanda a sua vida a partir de então. E eu não digo, comandar uma vida no jogo, eu digo comandar no sentido de, sua família, suas redes sociais, seus amigos, sua conta bancária, seu histórico escolar, o que você comprou ou deixou de comprar. Sinistro né? Vee clica pra ser Jogadora. Quando a pessoa se dispõe a ser Jogador ela entra em uma rede onde você é desafiado. Lembra daquela brincadeira de criança "Verdade ou Desafio"? Sim, estamos falando dessa brincadeira mesmo, só que sem o verdade. A cada desafio vencido, você ganha dinheiro. Dependendo do desafio, a recompensa pode chegar até a 10.000 dólares. Muito bom, né? Só que... só tem um vencedor. E agora? Como faz pra ganhar?

Você estaria disposto a viver a vida sem limites? A deixar a adrenalina correr nas veias? Você tem medo de viver? Do que você tem medo?

Te pergunto, você é observador ou jogador? Você é observador ou jogador? Você é observador ou jogador?

Essa pergunta, repetidas vezes, é feita o filme inteiro. Simplesmente amei. Tudo. Preciso dizer que a trilha sonora está incrível. Do jeito que eu gosto. Saí do cinema com uma vontade de assistir de novo. Nos créditos descobri que é adaptação de um livro, de Jeanne Ryan, advinha quem já está louca para comprar? Até porque, não quero ser só observadora!!!!!!!

Uma mescla de jogos mortais, jogos vorazes e muita tecnologia. Vem assistir NERVE. Não esquece de me contar depois o que achou.

Beijos

10 comentários:

Postar um comentário

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016